segunda-feira, 11 de abril de 2016

Soja ganha espaço na região


Produtor investe na plantação de soja em Guaratinguetá

Reduzir os custos com alimentação do rebanho e promover a rotatividade de culturas. Esses foram os fatores que motivaram o produtor de leite Benedito José França Guimarães a investir na plantação de soja.

Já na primeira tentativa em 2015, colheu cerca de 70 toneladas do grão em uma áre de 23 hectares, na propriedade em Guaratinguetá. Usada como complemento na ração dos animais, a soja gerou uma economia de aproximadamente 32 mil reais durante quatro meses de consumo.

Satisfeito com o resultado, Benedito ampliou a área plantada neste ano para 34 hectares e já planeja dobrar essa extensão em 2017. "Quando compramos a soja, estamos pagando todo o custo com transporte desse produto que vem de longe. 
Plantando o grão consegui uma redução expressiva no valor do insumo" explicou.

Como Benedito, outros três produtores da região também iniciaram o plantio do grão em 2016. Além do benefício econômico, o cultivo da soja insere mais uma opção no processo de rotação de culturas, possibilitando a alternância com milho, cana, arroz e pastagem, resultando melhorias nas condição do solo das propriedades.

"Essas iniciativas estão derrubando o preconceito que existia em relação a soja na região, mostrando que é possível produzir com bons resultados e ainda lucrando", disse Thiago Chaves, presidente da Associação Agropecuária de Guaratinguetá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário