quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Simpósio une cooperativas, produtores e profissionais em prol da capacitação e melhoria técnica


    Uma das principais bacias leiteiras de São Paulo, a região tem muito a crescer na produtividade de olho no mercado consumidor do Rio e São Paulo

Com a participação de 450 produtores, estudantes e profissionais técnicos do Vale do Paraíba, Sul de Minas e Sul Fluminense, o 1º Simpósio de Pecuária Leiteira realizado nesta quarta-feira (13/7) no Hotel Clube dos 500, em Guaratinguetá, discutiu as alternativas para o desenvolvimento desse importante segmento do agronegócio. O evento foi uma realização da Associação Agropecuária de Guaratinguetá, em parceria com as cooperativas Serramar, Comevap e Cooper.

Logo na abertura, o presidente da cooperativa Serramar, de Guaratinguetá, Pedro Guimarães, destacou justamente a integração proporcionada pelo Simpósio. “Esta união é importante para o desenvolvimento da pecuária leiteira em toda região. A gente tem nas mãos o mercado de São Paulo e do Rio de Janeiro e as cooperativas têm agido em prol do desenvolvimento”, disse.

A parceria entre as cooperativas ficou ainda mais evidente quando foi anunciado que o evento será itinerante, com a proposta de novas edições em Taubaté e São José dos Campos, nos próximos anos.  “Se não fizermos ações para união das cooperativas do Vale, quem perde é o produtor rural”, reforçou o presidente da Comevap, de Taubaté, José Francisco Gomes.

Benedito Vieira, presidente da Cooper, de São José dos Campos, destacou que a competição mais sadia é aquela em que todos se envolvem com foco na melhoria dos produtos oferecidos à população. “Ficamos muito felizes em ver a aceitação dos produtores pelo Simpósio”, afirmou.

Apesar de já figurar entre as principais bacias leiteiras de São Paulo, com uma produção anual superior a 200 milhões de litros, o objetivo do encontro é aumentar ainda mais a produtividade regional por meio da oferta continua de capacitação aos produtores rurais.

 “É preciso aproximar o produtor das entidades de fomento para fortalecermos as cadeias de produção. O intuito do evento foi fazer justamente esta integração entre produtores e técnicos, trazendo mais resultados no aumento da produção e também da rentabilidade”, explicou Thiago Chaves, presidente Associação Agropecuária de Guaratinguetá.

Com cerca de 3000 propriedades dedicadas a pecuária leiteira, na maioria classificados como negócios familiares, esse segmento do agronegócio tem um papel importante na geração de renda e trabalho na região. “Isto mostra a força do campo no desenvolvimento econômico de qualquer município e é reflexo das parcerias com o Poder Público”, falou o prefeito de Guaratinguetá, Francisco Carlos Moreira dos Santos (PSDB), que também participou da abertura do evento.


terça-feira, 2 de agosto de 2016

Declaração ITR 2016 - Imposto Territorial Rural


Começa no próximo dia 22 de agosto o prazo para a declaração do Imposto sobre Propriedade Territorial Rural (ITR), para o exercício 2016. O procedimento deve ser feito até 30 de setembro.

Para preencher o documento será necessário baixar o programa gerador, no site da Receita Federal. Estão obrigados a declarar, a pessoa física ou jurídica proprietária, titular do domínio útil ou possuidora a qualquer título, inclusive a usufrutuária, bem como um dos compossuidores.

O pagamento do imposto poderá ser feito em até quatro quotas iguais, mensais e consecutivas, desde que nenhuma parcela seja inferior a R$ 50. O valor inferior a R$ 100 deverá ser pago em quota única.

Quem não cumprir o prazo, estará sujeito à multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido, não podendo seu valor ser inferior a R$ 50.


Para requisitar o auxílio no preenchimento do ITR, bastar o associado agendar o atendimento pelo telefone: (12) 3132-4400.

Operação Campo Limpo - Hora de devolver as embalagens vazias de agrotóxicos


A Cooperativa de Laticínios Serramar com o apoio da Associação Agropecuária, Sindicato Rural de Guaratinguetá e Prefeitura Municipal de Cunha realizam no próximo dia 11 de agosto em Cunha, a Operação Campo Limpo, promovendo a coleta das embalagens de defensivos agrícolas.
A ação vai acontecer das 8:00 h as 16:30 horas, no Recinto de Exposições, durante a realização do XVIII Torneio Leiteiro “Chico do Lau”.

De acordo com a Lei Federal N° 9974/200, todas as embalagens de Defensivos Agrícolas devem ser encaminhadas para pontos de coleta autorizados, dentro do prazo de um ano após a compra. O descumprimento implica em penalidades e multa aos produtores.

Para efetuar a entrega, o produtor precisa apresentar CNPJ, Inscrição Estadual, nome completo e endereço da propriedade.

Vale ressaltar que as embalagens devem estar vazias, perfuradas e, no caso de produtos líquidos, também devem passar pela tríplice lavagem.

Data da Coleta: 11 de agosto de 2016 (quinta-feira)

Horário: 8h às 16h30

Local da Coleta: Recinto de Exposições " Chico do Lau"
Avenida Daher Pedro s/nº - Cunha/SP

 


Mais informações (12) 3132-4400 Associação Agropecuária e Sindicato Rural e (12) 3128-5540 Cooperativa de Laticínios Serramar. Nos meses de setembro e novembro haverá coletas nos municípios de Lorena, Guaratinguetá e Lagoinha.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Torneio Leiteiro de Cunha


Produtores rurais da região participam entre os dias 11 e 13 de agosto do tradicional Torneio Leiteiro de Cunha, que acontece no Recinto de Exposições, “Chico do Lau”, na Av. Daher Pedro.

O evento é uma realização da Cooperativa de Laticínios Serramar, com o apoio da Associação Agropecuária, Sindicato Rural de Guaratinguetá e Prefeitura de Cunha.


Inscrições e mais informações pelo telefone: (12) 3128-5540.


Coopavalpa ganha área em Guaratinguetá


A prefeitura de Guaratinguetá realizou no dia 31 de maio a doação de um terreno para a construção das novas instalações da Coopavalpa (Cooperativa dos Produtores de Arroz do Vale do Paraíba).

A área, localizada no Pólo Industrial II, vai abrigar um armazém, silo graneleiro, escritório administrativo-operacional e balança de pesagem rodoviária, além de maquinários e  equipamentos da entidade.

Ao todo serão 4.211 m², concedidos com direito real de uso, por um período de 20
anos, podendo ser renovado por mais 20 anos. A Cooperativa dos Produtores de Arroz do Vale do Paraíba completa 30 anos de fundação em 2016 e conta atualmente com 44 cooperados. Somente em 2015, a entidade comercializou 128 mil sacas de arroz.

Com a construção das novas instalações, a estimativa é aumentar a capacidade de
comercialização para 200 mil sacas por safra agrícola. “Estamos impulsionando esse setor

econômico, apoiando produtores locais para fomentar a arrecadação do município e a geração de trabalho”, disse o prefeito Francisco Carlos dos Santos, durante a cerimônia de entrega da área.