quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Incra libera emissão do Certificado de Cadastro de Imóvel Rural


Está disponível na Internet a emissão do Certificado de Cadastro de Imóvel Rural referente aos exercícios de 2015 e 2016. Ele pode ser acessado no site www.cadastrorural.gov.br e é necessário para legalizar em cartório alterações no registro da área ou para solicitar financiamento bancário.

O cadastro também pode ser feito no portal do Incra, onde existe o banner CCIR 2015-2016. Junto com o documento será emitida Guia de Recolhimento da União (GRU) para pagamento da taxa de serviços cadastrais. A taxa de serviço cadastral, referente aos exercícios de 2015 e 2016, deve ser paga até 14 de janeiro de 2017.

Se a quitação da taxa não ocorrer até a data do vencimento, o titular do imóvel deverá emitir 2ª via do CCIR, que conterá os valores de multa e juros calculados pelo sistema, com alerta para nova data de vencimento.

Caso o imóvel rural possua algum tipo de impedimento para a emissão, o CCIR não estará disponível para impressão. Diante disso, o Associado deve procurar os escritórios da Associação Agropecuária e SindicatoRural ou direto na unidade municipal de cadastro do Incra. Em Guaratinguetá o serviço está localizado na Secretaria de Agricultura.

Festa dos produtores homenageia ex-presidentes


A tradicional Festa de fim de ano dos Produtores Rurais de Guaratinguetá e região neste ano teve dois motivos a mais para a comemoração: os 80 anos da Associação Agropecuária e os 50 anos do Sindicato Rural.



Reunindo cerca de mil convidados no restaurante Três Garças, o evento contou com a presença de várias autoridades, como dos prefeitos eleitos de Guará, Marcus Soliva, e Lagoinha, Cláudio Henrique da Silva, além de presidentes sindicais e representantes de entidades parceiras, como Sérgio Perrone e Mário Biral, representando a
FAESP/SENAR.

O momento mais emocionante foi a homenagem aos ex-presidentes da Associação e do Sindicato e seus familiares, que receberam placas comemorativas saudando aos serviços prestados ao longo de oito décadas.

“São pessoas que ajudaram, cada uma a sua maneira, a construir a história das entidades, dedicando a vida em prol ao produtor rural da região”, destacou Fábio Públio, atual presidente do Sindicato Rural.

Públio também lembrou dos funcionários que também colaboraram com o desenvolvimento das entidades. “Gostaria de saudar todos os atuais colaboradores e os que já passaram com a gente, e aos produtores. As entidades existem graças a vocês. E esta participação tão boa nos ajuda a levantar a autoestima diante das crises econômica e política”, declarou.

O presidente da Associação Agropecuária, Thiago Chaves, também agradeceu a colaboração de todos os expresidentes e de todos os funcionários e ex-funcionários dos escritórios de Guaratinguetá, Cunha e Lagoinha. “É graças ao trabalho e a dedicação de todos, que hoje chegamos a marca dos 1510 associados”, comemorou.

Júlio Ramos - nomeado secretário da Agricultura de Guará



Após analisar uma lista com nomes indicados pelas entidades representativas do setor agropecuário
da cidade, o prefeito eleito de Guaratinguetá, Marcus Soliva, nomeou o médico veterinário Júlio Ramos como o novo secretário da Agricultura para a atual gestão.

Está é a terceira vez que Ramos exercerá o cargo, já que foi secretário nas gestões de Nélson Mathídios e também no início do mandato de Francisco Carlos.

Aposentado da CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral), onde atuou por 38 anos, Ramos afirma que vai apoiar a classe produtora.

“Guaratinguetá tem uma diversidade produtiva no campo e precisamos incentivar essa vocação. Vamos aproveitar o impulso da estância turística para incentivar ações nesse sentido”, disse o secretário, que prometeu também, buscar parcerias com as diversas entidades do setor,
para promover mais capacitações e projetos de desenvolvimento.

Compost Barn conquista produtores de leite



Foi depois de fazer visitas técnicas em fazendas no sul de Minas Gerais, que o produtor rural Márcio Alves de Oliveira, conheceu o Compost Barn, um sistema inovador, para a criação de gado leiteiro, que resulta em melhoria na qualidade do leite e na produtividade por vaca.

Após buscar orientação técnica, o proprietário do sítio Pedra Branca, em Cunha, fez um investimento de R$ 90 mil e hoje conta com um galpão de 420 metros², onde ficam 42 vacas.

Após a introdução do sistema, com ventiladores e uma cama de forragem sustentável, ele já contabiliza um acréscimo de 30% na produtividade de leite nas duas ordenhas realizadas diariamente, passando de 14 litros por vaca dia para 21 litros vaca por dia.

“O gado engordou mais e com isso também tive uma melhora de 90% na reprodução. Os resultados
compensam, mesmo com o aumento na conta de energia elétrica, que subiu de R$ 200 para R$ 600 por mês, por causa do uso de ventiladores para manter a temperatura ambiente e a umidade adequada para a cama”, disse o produtor.

Conforto
Segundo o médico veterinário Eduardo Corrêa Brito, mestre em ciência e tecnologia do leite pela UFJF, o sistema depende muito da umidade da cama, na qual os animais se acomodam. “Uma boa cama precisa ter uma boa relação de carbono, nitrogênio e umidade, sendo o pó de serra um dos produtos ideais, pois tem uma melhor relação de carbono para os microrganismos se desenvolverem”, explicou.

Corrêa porem alerta que o Compost Barn tem seus pontos negativos. “O manejo precisa ser bem feito, caso contrário o sistema não será adequado, não ocorrendo a compostagem dos dejetos com a serragem, causando a morte das bactérias benéficas da cama, e proliferando as bactérias causadoras
de doenças infecciosas que afetam a produtividade e a qualidade do leite. O Alto custo de implantação e também o Capacitação gasto de energia, são outros fatores que restringem a  implantação do sistema, sem falar nas fontes limitadas de camas em algumas localidades”, alertou.

Mas se aplicado corretamente, o Compost Barn oferece mais conforto aos animais, promovendo redução de mão de obra, melhora na qualidade do leite, diminuição da incidência de moscas e carrapatos e no uso de antibióticos, sem falar nos ganhos de produtividade. “Sugiro que os
produtores que queiram implantar o sistema façam visitas a várias propriedades para conhecerem melhor o sistema e seu funcionamento”, orientou o veterinário.


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Visitas técnicas reúnem mais de 70 produtores


O sítio Pedra Branca em Cunha, foi um dos locais visitados durante o Dia de Campo promovido pela Associação Agropecuária e a Cooperativa de Laticínios Serramar, em 15 de dezembro, para apresentar o sistema Compost Barn.
 Para o presidente da Associação, Thiago Chaves, o balanço da atividade foi positivo. “A palestra realizada em nosso auditório reuniu mais de 100 produtores e aqui nas fazendas a participação também foi muito boa. Isso mostra que existe interesse na implantação do sistema em outras propriedades.”

Thiago destacou que o objetivo foi esclarecer mais sobre o sistema, que ainda gera muitas dúvidas para os produtores. “É uma técnica nova que poderá ajudar muito na melhoria da qualidade e na produtividade do leite na região. E, como entidade da classe rural, estamos auxiliando com todo o suporte necessário para que isso realmente aconteça”, afirmou.Gilson Isidoro da Silva, funcionário da Fazenda do Papa, de Guaratinguetá, aprovou a iniciativa. “Este sistema é revolucionário e a visita contribuiu com o nosso aprendizado para melhorarmos cada vez mais”.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Disponível para download a palestra Compost Barn. Cerca de 100 pessoas participaram da palestra ...

Cerca de 100 pessoas participaram da palestra organizada pela Associação Agropecuária de Guaratinguetá, onde foi discutido o sistema de criação de gado leiteiro "Compost Barn", que visa melhorar significativamente o conforto de vacas leiteiras.


Os profissionais e estudantes que participaram da palestra, também puderam participar de uma visita técnica guiada a duas fazendas, em Guaratinguetá e Cunha, para conhecer a técnica na prática.

Clique no ícone abaixo para baixar a palestra Compost Barn


quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

DIA 15 DE DEZEMBRO DE 2016: VISITAÇÃO ÀS FAZENDAS NO SISTEMA COMPOST BARN

Dia 15 de dezembro de 2016
Visitação às fazendas no Sistema Compost Barn

Horário: 09:0 horas - Sítio Pedra Branca, Bairro Pedra branca, Cunha-SP.
Estrada Cunha x Campos Novos, Km 17.
Produtor Márcio Alves Oliveira - produção diária de 700 litros.

Horário: 14:00 horas - Fazenda São José, Bairro Água Branca, Guaratinguetá.
Produtor Antônio Coelho Guimarães - Produção diária de 7.000 litros



quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

DIA 14 DE DEZEMBRO DE 2016: PALESTRA COMPOST BARN - MANEJO, CUSTOS E RESULTADOS

COMPOST BARN - MANEJO, CUSTOS E RESULTADOS
Dia 14 de dezembro de 2016, quarta - feira, às 19h
Local: Associação Agropecuária de Guaratinguetá, Praça Santo Antônio, 176, Centro, Guaratinguetá-SP

Palestrante: Eduardo Corrêa Brito
Médico Veterinário Consultor Pecuária de Leite
Mestre em Ciência e Tecnologia de Leite  pela UFJF/Embrapa/Epamig


terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Confira os momento marcantes do tradicional Encontro dos Produtores Rurais de Guaratinguetá e região

No dia 2 de dezembro de 2016 foi realizado o tradicional Encontro dos Produtores Rurais, promovido pela Associação Agropecuária e Sindicato Rural de Guaratinguetá. O evento foi marcado pela comemoração dos 80 anos da Associação Agropecuária e 50 anos do Sindicato Rural e contou com a presença de autoridades locais e homenagem aos Ex- Presidentes das entidades.
Após um belíssimo jantar, todos puderam prestigiar o show da banda Chapéu Brasil.

Veja alguns momentos marcantes do Evento ...

Mais fotos em nossa página no facebook:

 https://www.facebook.com/assopecguara/
ou em nosso site www.assopec.com.br


Diretores e Autoridades presentes no evento

Show da banda Chapéu Brasil durante o evento


Homenagem ao Ex-Presidente da Associação Agropecuária
 e também do Sindicato Rural, Sr. José Tadeu Guimarães

  
Homenagem ao Ex- Presidente José Roberto de Paula
Santos entregue ao filho


Produtores Rurais reunidos em jantar de comemoração
 durante o evento

Produtores Rurais reunidos em jantar de comemoração
 durante o evento

Produtores Rurais reunidos em jantar de comemoração
 durante o evento


sábado, 3 de dezembro de 2016

Uma história de lutas políticas: Um pouco da História do produtor rural Nélio Ferreira Leite

Em nossa série de homenagens aos associados mais antigos, vamos contar nesta edição um pouco da história do produtor rural Nélio Ferreira Leite, que aos 87 anos, continua ativo e atuante nas atividades rurais.















Filho do ex-presidente da Associação Agropecuária, Odilon Ferreira Leite, que conduziu a entidade por dois mandatos, seu Nélio nasceu no dia 13 de fevereiro de 1929, na Fazenda Boa Esperança, em Lorena. Desde criança, acompanhava o pai nas reuniões da Associação, ainda na sala do Cine Urânio.

Com uma participação preponderante de seu pai na construção da primeira sede da Associação, logo seu Nélio começou a se envolver nas questões da categoria, tornando-se presidente da Cooperativa
Agrícola aos 17 anos. “Ela funcionava onde hoje é o Mercado Municipal”, recorda-se.

Recebendo vários ensinamentos do pai, Nélio Ferreira Leite também assumiu a secretaria e tesouraria da Associação, tendo uma participação exemplar. Como produtor também se destacou cedo, sendo dono da primeira fazenda aos 17 anos, quando começou a se dedicar a produção de leite.

Em 1988, foi secretário da UDR (União Democrática Ruralista), indo 25 vezes a Brasília em apenas um ano por conta da elaboração da Constituição de 1988.

“Queríamos conscientizar o produtor rural a fazer parte da política para se garantir, começando de baixo”, disse.

Seu Nélio chefiou ainda comitivas do Vale do Paraíba rumo a Alemanha e outros países, principalmente em cursos de capacitação. Hoje, continua ligado nos negócios e bem ativo em tudo o que faz.

“As entidades têm nível de excelência nos serviços prestados e contribuem muito com o progresso dos produtores rurais. Elas são fundamentais para oferecer todo o tipo de assistência”, concluiu seu Nélio.