sexta-feira, 7 de abril de 2017

PRODUTOR INVESTE EM GADO PURO DE ORIGEM


Em 2001 o produtor rural Joaquim Galvão comprou seus primeiros animais da raça Nelore com o objetivo de investir em gado de corte e diversificar sua produção rural. O negócio mostrou-se rentável e hoje conta com mais ou menos 280 animais, sendo que 80 animais são puros de origem com registro e 200 cabeças sem registro para produção de bezerros e matrizes. Prezando sempre pela qualidade do rebanho, Quim Galvão, como é conhecido, é rigoroso na seleção, adquirindo somente animais de genética superior em sêmen de touros provados com altas DEPs, (Diferença Esperada na Progênie) para características de produção, o que valorizou muito seu empreendimento agropecuário.

 "Inicialmente fui motivado por uma compra de sêmen de touros que atingiram valorização muito alta em curto espaço de tempo, oque motivou a aderir à Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, (ABCZ) e registrar estes produtos, dando assim início a uma seleção que cada vez mais vem mostrando sua eficiência ", contou o produtor.

Após isso, adquiriu vários embriões e animais de criadores de peso da raça Nelore como VR, BRUMADO, SABIA, MANAH (MUNDO NOVO), RANCHO DA MATINHA E NAVIRAI. " Mantenho um sistema simples de criação, de manejo fácil e baixo custo para gerar animais de fácil adaptação aos meus clientes, que hoje são divididos em 2 segmentos o de tourinhos PO (melhorados), que estão sendo usados para a melhoria de rebanhos regionais e o gado de pasto que é vendido para os terminadores, que são produtores de carne".

Apesar da crise financeira política instalada no país, Quim avalia que o mercado de carne ainda é atraente. "O preço de tourinhos e bezerros de corte se manteve em relativa estabilidade nos últimos anos e hoje, apesar de atento as variações do mercado, espero que o setor se mantenha em níveis razoáveis de preços", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário